Translate

As CONBUCAS

Não é erro de gramática, é assim mesmo que se escreve, com n antes do b. CONBUCA, significa literalmente: Convenção Nacional dos Buchmann de Campo Alegre

Apesar de termos descoberto outros ramos da família, que passaram a integrar-se em nosso clã, o nome, por ser uma tradição, permaneceu como CONBUCA. Mas o que vale mesmo é a reunião do clã como um todo. As reuniões são muito festivas e animadas. Abaixo insiro a narrativa de um dos idealizadores da Conbuca, que já não habita mais este mundo, o primo Aldo. 

A CONBUCA (palavras do próprio Aldo)

Já está na hora de contar a história da Conbuca, pois os anos vão passando, novos membros nascem e outros se incorporam aos Buchmann de Campo Alegre, e a nossa reunião anual já está ficando histórica. Tanto que alguns parentes já perguntam a origem da Conbuca. Para responder a esses e a futuros curiosos, vou contar a história que aqui ficará registrada. 

Em 1972 comecei a colher os dados biográficos dos descentendes do nosso avô Louis Buchmann, com o fito de registrar o desenvolvimento da nossa família. O trabalho resultou mais profundo com a colaboração do tio Vitoca (Victor) que forneceu os dados dos nossos antepassados Buchmann e Reinhardt. Reuni todos os Buchmann de Campo Alegre neste registro, mas não tive a idéia de reuní-los pessoalmente, fisicamente. 

Quem teve a idéia foi a prima Licéa (Maria Licéa Kohler). Em junho de 1973, em uma das minhas visitas aos parentes, achava-me em Canoinhas quando a Licéa disse-me que gostaria muito de reunir todos os Buchmann de Campo Alegre em um almoço, e que o faria se fosse rica, pois a família é grande e grande seria a despesa. Disse-lhe eu, então, que tentasse reunir todos em Canoinhas e nós dividiríamos a despesa. A maioria dos que foram consultados pela Licéa concordou com a idéia. Em conseqüência, realizou-se no dia 4 de novembro de 1973 a primeira reunião anual da família, desde então denominada Conbuca. 

Quando da minha conversa com a Licéa, disse-lhe da minha confiança no sucesso da sua idéia, acrescentando que poderíamos reunir anualmente o Congresso dos Buchmann de Campo Alegre. Em carta que a ela escrevi no dia 21 de outubro de 1973, respondendo ao seu convite e comentando o programa da reunião, eu me referia ao Congresso dos Buchmann de Campo Alegre (CBCA). Mas a expressão Congresso não cabia no caso. O primo Ico (Frederico Kohler), empregou a expressão correta ao criar a denominação definitiva de "Convenção Nacional dos Buchmann de Campo Alegre" - CONBUCA. 

Esta é a história da CONBUCA

A mãe da ideia é a Licéa e o padrinho é o Ico. 

Qualquer outra versão é mera fantasia. Niterói, 31 de dezembro de 1978



HISTÓRICO DAS FESTAS
  1. Canoinhas: 04/11/1973 Adeline e filhos
  2. Jaraguá do Sul: 17/11/1974 Harry (Nono) e filhos
  3. Rio Negrinho: 16/11/1975 Descendentes de Alfred (Matzi)
  4. Canoinhas: 10/04/1977 Tio Victor (Vitóca)
  5. São Bento do Sul: 30/04/1978 Descendentes de Robert Hermann
  6. Campo Alegre: 21/04/1979 Aloys e descendentes
  7. Rio Negrinho: 06/09/1981 Alexandre (Léxi) e descendentes
  8. Joinville: 10/10/1982 Descendentes de Arnold (Arno)
  9. Rio Negrinho: 13/11/1983 Paula e descendentes
  10. Canoinhas: 03/11/1984 Descendentes de Luise Marie (Lily)
  11. Curitiba: 23/11/1986 Eugen e descendentes
  12. Santos: 16/08/1987 Descendentes de Friedrich Buchmann
  13. Canoinhas: 03/11/1990 Descendentes de Adeline
  14. Jaraguá do Sul: 11/10/1992 Harry (Nono) e filhos
  15. Santos: 13/10/2001 Descendentes de Friedrich Buchmann
  16. São Bento do Sul: 14/10/2007 Descendentes de Alfred (Matzi)
  17. Pitanga: 01/11/2009 Descendentes de Alexander (Léxi)